Anterior Sumário Próximo OpenBASE! o Banco de Dados inteligente. Fale conosco!

INPUT

Propósito

Receber valores digitados e atribuí-los a uma variável numérica.

Sintaxe

INPUT [<exp.C> [<atrib1>] TO <var.N> [<atrib2>]

Argumentos

<exp.C>

representa uma expressão cadeia a ser impressa.

<atrib1>

representa o atributo de vídeo em que será exibida <exp.C>.

<var.N>

representa uma variável numérica que receberá o valor digitado.

<atrib2>

representa o atributo de vídeo em que será exibido o valor digitado.

Utilização

Para entrada de dado numérico sem formatação, a partir da posição atual do cursor.

Se <exp.C> for especificada, serão impressos caracteres ":" delimitando a área de recepção do valor digitado.

Se <var.N> não for anteriormente declarada o comando INPUT a cria, automaticamente.

Exemplo

O exemplo a seguir mostra-nos como utilizar o comando INPUT em dois casos : um sem uma variável previamente declarada outro com uma variável declarada pelo comando INPUT anterior. Note os atributos para variável e para a cadeia.

INPUT TO varnum BOLD && varnum é então definida como numérica.

INPUT "Entre com um número " REV TO varnum REV

O exemplo a seguir mostra a utilização de atributos e expressões .

varcad1 = "Entre com "

INPUT varcad1+"sua idade " BLINK TO idade REV

Consulte

$NOGET, $NOSCREEN, ?, ??, @ ... GET, @ ... SAY, ACCEPT, SET ATRIBUTE, SET GRAPHIC, CHR( ), INKEY( ), LASTKEY( ) e VAL( ).

Anterior Sumário Próximo OpenBASE! o Banco de Dados inteligente. Fale conosco!