Anterior Sumário Próximo OpenBASE! o Banco de Dados inteligente. Fale conosco!

DECLARE

Propósito

Serve para declarar vetores de variáveis. Na linguagem Opus, esses arrays são vetores unidimensionais.

Sintaxe

DECL[ARE] [PRIVATE | PUBLIC | STATIC] <vetor>[<exp.N>] = <exp> [,...]

Argumentos

PUBLIC

determina que o vetor será público, isto é, terá escopo global.

STATIC

determina que o vetor será estático.

PRIVATE

determina que o vetor será privado.

<vetor>

determina o nome do vetor.

<exp.N>

determina a quantidade de elementos do vetor.

<exp>

representa uma expressão que definirá o tipo, o tamanho e o valor inicial de todos os elementos.

Utilização

O comando DECL permite a utilização de vetores em um programa. Vetores são variáveis indexadas cujos índices variam de 1 até <exp.N>, inclusive. Não se pode declarar mais de um vetor em um único comando DECLARE.

Para vetores públicos, quando não se sabe a quantidade de elementos do vetor, no lugar de <exp.N> pode ser declarado um "*" (asterisco), determinando que o vetor terá o último tamanho definido.

Utilizando a opção LONG, o comando DECL permite a declaração de vetores com tamanho maior que 65.535 Bytes. Veja comando DECLARE LONG.

Exemplos

O exemplo a seguir mostra a declaração de dois vetores locais do tipo cadeia.

INPUT TO varnum

DECL vetcad1[10]=SPACE(10)

DECL vetcad2[varnum]=SPACE(50)

O exemplo a seguir mostra a declaração de vetores públicos e vetores locais de mais de um tipo.

@ 1,2 SAY " forneça o nome " GET nome PIC; rep("x",40).

DECLARE PUBLIC vpcad[10] = SPACE(10)

DECLARE PUBLIC vpnum[10] = 10

DECLARE PUBLIC vplog[25]=.T.

DECLARE vl_num[6]=0

DECLARE vl_cad[90] = SPACE(LEN(nome))

O exemplo a seguir mostra como passar vetores LONG como parâmetros e como recebé-los dentro de uma sub-rotina.

prog

  declare long v1[50 ]= 0

  do proc_1 with v1

proc proc_1

  parameters long v1[](n)

Consulte

$DATE, $FLOAT, $LENTMP, $SIMBOLS, DO, PRIVATE, PUBLIC, PARAMETERS, SET DECIMALS, STATIC, STORE, ACHOICE( ), AFILES( ), AFILL( ), AINS( ) AJOINS( ), CTOD( ), DTOC( ) , FTON( ) e NTOF( ).

Anterior Sumário Próximo OpenBASE! o Banco de Dados inteligente. Fale conosco!