Anterior Sumário Próximo OpenBASE! o Banco de Dados inteligente. Fale conosco!

MEMOREAD()

Propósito

Ler um arquivo texto em disco para uma variável-caracter.

Sintaxe

MEMOREAD (<exp.C>, <var.C>)

Argumentos

<exp.C>

representa o nome do arquivo texto a ser lido.

<var.C>

representa o nome da variável-caracter que receberá o conteúdo do arquivo texto.

Utilização

Retorna falso (.F.), quando não pode ler ou criar o arquivo. Caso contrário, retorna verdade (.T.), e preenche <var.C> com o conteúdo do arquivo especificado em <exp.C>.

Útil para editar textos criados por outros editores. Para isto, basta utilizar as funções MEMOEDIT() e MEMOWRIT(). Também serve para atribuir este arquivo a banco de dados com a função MEMOPUT().

Exemplos

O exemplo a seguir mostra-nos como editar um arquivo no diretório corrente.

PRIVATE var_text (500)

IF MEMOREAD ("arq_text", var_text)

  var_text = MEMOEDIT (var_text,01,01,10,10,.T.)

  b = MEMOWRIT ("arq_text", var_text)

ELSE

  ? "Não pode acessar o arquivo"

ENDIF

Consulte

$LEN, $LENTMP, MEMODEL(), MEMOEDIT(), MEMOFILE(), MEMOGET(), MEMOLINE(), MEMOPUT(), MEMOREAD(), MLCOUNT(), MEMOSEEK, MEMOSAVE e SPACE().

Anterior Sumário Próximo OpenBASE! o Banco de Dados inteligente. Fale conosco!